sábado, 29 de maio de 2010

Avassaladora

Ah, emoção... Você novamente.
Tão poderosa e avassaladora.
Tão alegre e deprimente.
Mares, águas profundas... quentes... mundo oculto.
E eu me afogando em ti, superior submundo.
Ah, coração!
Fazes de mim escrava, da tua devastação
Fazes de mim sua rainha, mas me despedaça no chão.
És tão poderosa... e eu, uma triste figura frágil,
Diante de tua soberania e tua força intocável que,
De invisível, chega a ser covardia.
Ó coração, sinto que em meu peito grita.
Não seja louco, amigo, não utilize a histeria.
Assim vejo teu ponto fraco:
Dominado pela emoção, como eu, és frágil.

6 comentários:

Lí Dias. disse...

Carina! Carina!

O vazio me pegou de jeito, não sei mais o que pode ser feito, estando assim, murchinha farei tudo virar isopor
Hoje não comi, não bebi e não pensei
tudo isso porque não senti, como agora não sinto.

Peço desculpas por não sentir suas palavras hoje, não tive culpa, levei uma - duas - três rasteiras, isso eu senti.

Por não sentir, hoje peço licença para usar palavras de outra para expressar o que eu não sinto:



"...Há de haver algum lugar
Um confuso casarão
Onde os sonhos serão reais
E a vida não
Por ali reinaria meu bem
Com seus risos, seus ais, sua tez
E uma cama onde à noite
Sonhasse comigo
Talvez

Por encanto voltou
Cantando à meia voz
Súbito perguntei: quem és?
Mas oscilou a luz
Fugia devagar de mim
E quando a segurei, gemeu
O seu vestido se partiu
E o rosto já não era o seu

Um lugar deve existir
Uma espécie de bazar
Onde os sonhos extraviados
Vão parar
Entre escadas que fogem dos pés
E relógios que rodam pra trás
Se eu pudesse encontrar meu amor
Não voltava
Jamais..."

Carina Prates © disse...

^^

Que lindo!! Nem vou comentar mais nada pra não estragar o seu comentário.

Só por curiosidade, quem é "a outra"? kkk

Muito obrigada, Lí, sempre enriquecendo o blog com as suas palavras. =)

Lí Dias. disse...

Esqueci de colocar o nome da outra, rs
é a Bethania.

E vc nunca estraga nada, só meu vazio estraga.

Acabou o dia e ainda estou vazia, como pode uma coisa assim?


beijos.

Carina Prates © disse...

Não sabia que a Bethânia tem letras tão poéticas. Gostei disso.
Bom, quanto ao vazio, eu entendo perfeitamente. Quando é apenas em um dia ainda está bom. ^^

Lí Dias. disse...

Pensando em reanimar o blog. só nãos ei oq colocar nele.

Mas um dia te mando as coisas q escrevo.
Agora reparei na imagem, belissima!

Carina Prates © disse...

Reanime-o sim!! kkk
Quero ler o que vc escreve. Não esqueci do seu texto, no sábado eu vou conseguir ler. =)

Bjo

ShareThis